header image

Viena, Austria

A fábrica de Viena foi a primeira unidade de produção adquirida pela Octapharma. As plantas foram adquiridas em 1989 da estatal Heilmittelwerke Austria / Chemie Linz, a primeira a fabricar uma preparação de FVIII tratado por solvente detergente (S/D) e, posteriormente, o primeiro plasma vírus inativado para transfusão. O tamanho do local havia quase dobrado para 54.000 m2, os prédios originais foram reformados, os equipamentos foram instalados com a mais recente tecnologia laboratorial e de produção e novos edifícios foram construídos. A capacidade anual de fracionamento da fábrica havia crescido em sete vezes desde 1989. No início, havia 80 funcionários, sendo que, atualmente, a fábrica emprega 740 pessoas. Projetos recentes incluem a implementação de uma linha de preenchimento isolante de última geração para parenterais de pequeno volume, bem como a implementação de um liofilizador adicional carregado roboticamente.

Um dos novos edifícios hospeda uma nova linha de preenchimento para parenterais de grandes volumes e uma unidade de liofilizador automatizada com carregamento e descarregamento por robô, – todos utilizando tecnologia de isolamento de última geração – bem como uma unidade de purificação de proteínas que fornece linhas de produção dedicadas para cada produto. Um novo complexo de utilidade fornece o meio de produção para toda a fábrica. Juntos, estes investimentos tornaram a unidade de Viena uma das mais modernas fábricas de fracionamento do mundo.

A fim de atender aos desafios do fracionamento seguro e econômico, grandes esforços foram direcionados à implementação e à atualização contínua do Sistema de Qualidade da planta. A própria fábrica e seus Sistemas de Qualidade estão sujeitos a auditorias regulares por autoridades do mundo todo. Em 2004, a fábrica foi aprovada pelo FDA e, atualmente, fabrica três produtos para o mercado dos Estados Unidos, com licenças adicionais pendentes.