A Octapharma trabalha para acelerar o desenvolvimento de terapias plasmáticas à COVID-19

Lachen, Suíça
06/04/2020
Notícias corporativas

A Octapharma está usando sua expertise para encontrar novos tratamentos para a COVID-19 como parte de seu compromisso contínuo com seus pacientes. A empresa estabeleceu uma equipe de projeto especial para explorar novas terapias e além disso, anunciou hoje que também se juntou a outros líderes globais em fracionamento do plasma em uma colaboração para desenvolver uma potencial terapia de imunoglobulina hiperimune derivada do plasma para o tratamento da COVID-19.

A aliança começará imediatamente com o desenvolvimento de investigação de um medicamento de imunoglobulina hiperimune policlonal anti-SARS-CoV-2 sem marca, com potencial para tratar indivíduos com complicações graves de COVID-19. Além da Octapharma, as empresas do setor nesta aliança incluem CSL, Takeda, BPL, Biotest e LFB.

A colaboração irá alavancar a expertise de vanguarda e trabalho de ponta que as empresas já têm em andamento. Os especialistas da aliança começarão a colaborar em aspectos-chave, como coletas de plasma, desenvolvimento de ensaios clínicos e fabricação.

O desenvolvimento de uma imunoglobulina hiperimune exigirá a doação de plasma de muitos indivíduos que se recuperaram totalmente da COVID-19 e cujo sangue contém anticorpos que podem combater o novo coronavírus. Depois de coletado, o plasma "convalescente" seria transportado para as instalações de fabricação, onde passaria por processamento patenteado, incluindo processos eficazes de inativação e remoção viral, sendo então purificado em produto final.

Além de se juntar à aliança global da indústria para o desenvolvimento de uma imunoglobulina hiperimune, a Octapharma também está trabalhando em uma série de iniciativas específicas de países europeus envolvendo nossos produtos atualmente aprovados e comercializados. Na execução desses projetos, estamos trabalhando em estreita colaboração com as agências reguladoras europeias relevantes com o objetivo de ter terapias disponíveis no prazo de 2 meses no âmbito dos contratos de fabricação e fornecimento existentes.

O presidente e CEO da Octapharma, Wolfgang Marguerre, disse: “Temos o prazer de unir forças com a indústria para desenvolver um produto IgG hiperimune em escala comercial. Compartilhar conhecimento e reunir todo o plasma convalescente nos permite alcançar juntos a escala máxima possível muito rapidamente. Vamos salvar muito mais vidas juntos do que salvaríamos se cada um de nós trabalhasse independentemente no mesmo projeto ”.

“Nossos esforços unidos enviarão uma mensagem poderosa, reforçando ainda mais o incrível valor da indústria de fracionamento de plasma para salvar vidas. Estamos também para desenvolver com a máxima urgência, uma série de projetos europeus junto com os nossos parceiros de longa data ”.

“Neste momento, com as taxas de infecção ainda aumentando e centenas de milhares de pacientes em todo o mundo precisando desesperadamente de um medicamento, é importante que os pacientes saibam que a Octapharma e nossa indústria estão trabalhando incansavelmente para encontrar novas soluções de saúde para esta pandemia global”.

Sobre Octapharma

Sediada em Lachen, Suíça, a Octapharma é uma das maiores fabricantes de proteínas humanas do mundo, desenvolvendo e produzindo proteínas humanas a partir de plasma humano e linhas celulares humanas.

A Octapharma emprega mais de 10.000 pessoas em todo o mundo para apoiar o tratamento de pacientes em 118 países com produtos em três áreas terapêuticas: Hematologia; Imunoterapia e cuidados intensivos.

A Octapharma possui sete unidades de P&D e seis fábricas de última geração sediadas na Áustria, França, Alemanha, México e Suécia, com uma capacidade combinada de aproximadamente 8 milhões de litros de plasma por ano.

Além disso, a Octapharma opera mais de 140 centros de doação de plasma na Europa e nos EUA.

Palavras chaves

Doenças e terapias

Pacientes

Imunologia

Pesquisa e desenvolvimento

COVID-19